1/7

   

 

Atua também nas áreas de roteiro, direção e preparação de elenco.

Desde 2010 é roteirista e diretora no coletivo Cinema sem Fronteiras, onde realizou um intercâmbio de cinema social entre o Brasil e Reino Unido - Programa Pontos de Contato;   produção de conteúdo audiovisual em parceria com as Secretarias de Educação e Cultura; LaB de Argumento na EICTV - Escola Internacional de Cine e Tv - Cuba. 

 

No audiovisual, suas principais realizações, destacam-se: direção e roteiro do curta metragem “Tudo Balança Porque Deus Dança”, premiado no Festival Recine - Cinema de Arquivo; direção  do curta documentário  “Morro pelo Morro”; direção e roteiro do curta  “PELE 1 REAL”,  sua estreia na ficção; "DE REPENTE AGORA" e outros.

 

No momento, trabalha no desenvolvimento de seus projetos pessoais de roteiro e direção.

Sua estréia na categoria longa-metragem está prevista para o segundo semestre de 2021, com o documentário “O garoto que seria feliz”.

  

© 2023 by JACK SMITH PHOTOGRAPHY

  • w-facebook
  • w-flickr